Pandemia: A saúde mental dos professores

A saúde mental dos professores passou a ser um dos temais mais pesquisados e debatidos durante a pandemia do coronavírus a partir do ano de 2020.

Todas as pessoas, independente da profissão, começaram a sentir incerteza em relação à saúde, à integridade física e biológica perante um vírus que ninguém oferecia pleno controle.

O fato de correr o risco de perder o emprego e perder a qualidade de vida também gerou sentimento de perda e medo entre as pessoas. Porém, entre as profissões mais essenciais, a de professor passou por muitas mudanças em curto espaço de tempo.

Do dia para a noite, o professor precisou aprender a editar vídeos, a fazer lives e a criar arquivos em PDF para orientar os seus alunos no processo de ensino à distância.

Essa atividade de lecionar, desenvolver conteúdo digital e de disponibilizar a melhor explicação para seus alunos criou um ritmo mais estressante de trabalho, mesmo atuando em home office ou de forma híbrida através de sistemas de aprendizado de escolas e universidades.

A saúde mental dos professores

Considerado o estado mental dos professores na pandemia do Coronavírus, toda a sociedade passou a conviver com alto índice de ansiedade, medo e insegurança.

Além desses sentimentos, o estresse gerado a partir do trabalho em casa e do isolamento social criaria mais sobrecarga sobre os docentes. Mesmo com a gradual reabertura do comércio e do setor de serviços entre os anos de 2020 e 2021, boa parte das escolas públicas e privadas demoraram para reabrir efetivamente suas portas e recepcionar professores e alunos seguindo todas as recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Excesso de trabalho

Enquanto que muitas pessoas se adaptaram ao isolamento assistindo a vídeos no Instagram e TikTok, profissionais dedicados à educação e conteúdo tiveram suas vidas profissionais sobrecarregadas.

O estresse que antes era considerado somente no local de trabalho também passou a fazer parte do dia a dia da casa de cada profissional que precisou utilizar mais espaços da sala e da mesa da cozinha para apoiar livros, material de estudos e equipamentos digitais como notebook e câmeras para realização de aulas online.

A insegurança da pandemia e a sobrecarga de trabalho na atuação dos trabalhos pedagógicos de forma remota geraria maior peso sobre a saúde mental de professores.

Cuidar da saúde mental

De todas as formas é essencial saber enfrentar o isolamento, se adaptar aos métodos remotos de trabalho e aprendizagem e até mesmo estar pronto para os processos de reabertura plena quando a pandemia de fato for superada por completo.

Mesmo se adaptando, o ser humano é uma espécie que precisa de convivência social, estar afastado dos colegas de trabalho e dos alunos prejudicou também o equilíbrio mental de muitos profissionais acostumados com a convivência escolar e acadêmica.

A realização de caminhadas e de atividades de lazer depois de um dia de trabalho, mesmo em casa, pode ajudar bastante a cuidar da saúde mental, ou seja, procurar fazer algo que gera prazer de concluir as tarefas do dia.

Como cuidar da mente durante a pandemia?

A seguir apresentamos três dicas para os profissionais de educação melhorarem a disposição mental.

1 – Evite o excesso de informação

Durante a pandemia é fundamental se manter informado, porém se o seu trabalho exige dedicação constante para leitura e escrita, evite o excesso de informação no zap ou na internet.

2 – Atividades prazerosas

Depois de um dia de trabalho, verifique quantas horas de folga você possui, e procure fazer o que mais gosta, seja assistir a um filme via streaming, um show no DVD, ouvir música, tocar violão, entre outras atividades.

3 – Tempo em casa

Se o professor está trabalhando em casa ou de forma híbrida com a reabertura das escolas é indicado aproveitar o tempo em casa para estudar idiomas, assistir lives interessantes e conviver com a família.

Conclusão

Portanto, é indicado cuidar sempre da saúde mental e buscar uma rotina básica e sadia na casa. Evitar o excesso de informação e de estresse é o mais importante.

Dica de leitura

É importante ler mais com seus filhos, alunos e amigos. Indicamos os livros em quadrinhos e gibis do Oi! O Tucano Ecologista e Scriptah: http://www.loja.oiarte.com/ 

Add a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *